Cansada de Amar

sábado, fevereiro 25, 2012


Por incrível que pareça, eu sempre acordava com um sorriso no rosto pensando: Será que vou te ver hoje? Então me arrumava justamente pensando em você. Era a primeira a chegar e ficava lá te esperando. Dava o horário, o portão já iria fechar mas não havia nenhum sinal seu. Por mais que fosse costume você se atrasar, eu sempre ficava angustiada, pois a sua ausência vale mais que mil presenças. Nos minutos finais, antes de tocar o sinal, você chega. A sensação de alívio por vê-lo e tê-lo por perto mais um dia invadia o meu corpo indefeso.

Você passa por mim como se eu não existisse, neste momento sinto meu coração disparar, minha respiração fica lenta, começo a suar, então sinto seu perfume e é como se todo meu mundo parasse e estivesse em outro universo, borboletas invadem meu estomago.

Mais um dia se passa, assim como os outros, sem nenhuma troca de palavras entre os dois, às vezes alguns olhares. Simplesmente o admiro de longe, indo embora com seus amigos. Se você soubesse. Fico tão cansada às vezes. Chego da aula e desabo na cama. Acho que de alguma forma, amar você me cansa. Dá um trabalho esconder todo esse sentimento, todas as emoções e passar por tudo isso sozinha neste quarto escuro. Tantas pessoas para amar e eu acabo me apaixonado justo por você? Alguém que nem sabe da minha existência, e se soubesse meu nome já seria muito.

Não sei como posso sentir algo tão puro e forte por alguém como você. Você tem seus amigos, suas garotas, e me parece que você realmente gosta de uma delas. Talvez sinta o mesmo que eu, talvez até me entenda. Quem sabe?

Leia Também

0 comentários

Os comentários desse blog são moderados, portanto só serão publicados após aprovação. Comentários com propagandas, divulgações e comentários pedindo para seguir não serão aprovados. Deixe o link do seu blog caso queira que eu retribua algo. Obrigada.

Instagram

Subscribe